Com especial de cinquenta anos eu pude criar algumas teorias sobre as regenerações e vidas do Doutor, Steven Moffat deixou um bom gancho para as próximas temporadas e também um certo mistério sobre as vidas do Doutor e é sobre isso que vou falar, mas primeiramente peço desculpas por não ter falado sobre os cinquenta anos da série que era algo que eu pretendia ter feito para o aniversário, mas aconteceu um imprevisto e eu não pude escrever, então farei esse post especial falando das vidas do nosso mais amado Senhor do Tempo.
Para quem não sabe o Doutor é de um planeta distante Gallifrey que fica em uma galáxia distante Kasterborous, a espécie daqueles que nascem em Gallifrey são os Senhores do Tempo (não vou entrar muito nisso para não fugir do assunto), uma das características que diferem os Senhores dos Tempos de outros seres são os dois corações e uma “habilidade especial” que os fazem capaz de enganar a morte que é conhecida por regeneração, sempre que um Time Lord está para morrer ele ativa o processo de regeneração onde todas as células de seu corpo mudam e ele se transforma em outra pessoa, mesma memória, mas psicologicamente, fisicamente e emocionalmente são diferentes. O processo de regeneração foi introduzido na série, pois o primeiro ator a interpretar o Doutor, Willian Hartnell já com certa idade começo a ter alguns problemas de saúde e estava comprometendo seu trabalho como ator, foi então que para não terminar a série os produtores bolaram essa coisa de o Doutor se transformar em outra pessoa partindo do momento em que ele é um alienígena que viaja pelo tempo e espaço. O processo de regeneração é usado até os dias de hoje sempre que precisam renovar a série com um novo Doutor ou por algum motivo o ator atual precise sair da série, assim a série continua e já chegou aos seus cinquenta anos.
Ainda nos dias de hoje a regeneração dos Senhores do Tempo é envolta em alguns mistérios, ela é meio nebulosa e o que mais preocupa os fãs é o fato de o Doutor poder se regenerar apenas doze vezes, isso foi dito por Tom Baker o quarto Doutor, este fato assusta a todos os fãs e vou explicar o motivo disso, o Doutor já se regenerou doze vezes, sim ele já esgotou seu estoque de vidas extras e agora? O que vai acontecer ao nosso querido Time Lord? Como Peter Capaldi será introduzido na série? Esses mistérios que apenas Steven Moffat poderá nos responder.


Vamos para contagem de regenerações do Doutor para ficar bem claro:
1 - A primeira regeneração usada foi pela primeira vida do Doutor, o Willian Hartnell;
2 - A segunda regeneração pelo segundo Doutor, Patrick Troughton;
3 - A terceira regeneração por Jon Pertwee, o terceiro a interpretar o Doutor gastou mais uma vida extra;
4 - Tom Baker o amado quarto Doutor gastou a quarta regeneração de suas doze possíveis;
5 - Temos Peter Davison como quinto Doutor e ele também usou uma regeneração para se salvar a quinta vida extra;
6 - Talvez o menos querido dos Doutores, Colin Baker o sexto a viver o Time Lord usou da artimanha de enganar a morte também e ai já se ia metade das vidas do Doutor;
7 - Na sétima encarnação do Doutor temos Sylvester McCoy que assim como suas seis vidas anteriores também teve que se regenerar para se safar da morte;
8  - O oitavo Doutor foi o que menos viveu o Senhor do Tempo, ficou apenas para um filme, mas voltou para os cinquenta anos da série no mimi episódio The Night of the Doctor, onde ele gasta sua oitava regeneração;
9 - Agora as coisas começam a complicar, temos John Hurt como War Doctor, mas ele entra na contagem como a nona regeneração do Senhor do Tempo, assim gastando nove de suas doze vidas;
10 - Christopher Eccleston marcou o retorno de Doctor Who e viveu o “nono” Doutor por uma temporada onde teve que gastar sua décima vida;
11 - O “décimo” Doutor foi David Tennant que gastou duas vidas extras, sim ele usou duas a primeira quando ele reencontra Rose na quarta temporada e ao ser atingido por um Dalek está prestes a morrer, então ele direciona toda a carga da regeneração para sua mão que havia sido cortada logo que se regenerou pela primeira vez e então já foram onze vidas gastas;
12 - A segunda vida usada por David Tennant para se salvar foi após os eventos de The End of Time, onde ele acaba se regenerando no Doutor de Matt Smith e então lá se foram as doze regenerações possíveis do Doutor.

Vale lembrar que a metácrise não é um clone, mas sim uma das regenerações do Doutor, ele seria a décima segunda regeneração, já que ele nasceu da mão cortado do Doutor de David Tennant que recebeu toda energia da regeneração. Matt Smith é o décimo terceiro Doutor.



Agora é que começa o medo dos fãs, mas como assim? Ainda tem o Peter Capaldi, como o Matt não pode se regenerar? Tem algo de errado nisso? O que vai acontecer? O que vai acontecer como disse só Moffat sabe de verdade, mas podemos especular várias coisas a respeito disso tudo e vou expor uma teoria maluca minha e eu aviso que terá spoilers do especial então aconselho não ler caso ainda não tenha visto o episódio dos cinquenta anos da série.


No especial o Doutor de Matt diz ter 1.200 anos, o de Tennant 904 e o de John Hurt diz que Matt tem 400 anos a mais que ele, o que nos leva a crer que ele esteja com seus 800 anos de vida, até ai tudo bem, no final do especial temos John Hurt se regenerando, tudo indica que seja para o Doutor de Christopher Eccleston, mas então temos um buraco nisso tudo, pois ao retornar em Doctor Who o Doutor vivido por Christopher Eccleston diz ter novecentos anos e no primeiro episódio “Rose” ao se olhar no espelho ele repara que tem orelhas grandes o que nos leva a pensar que faz pouco tempo que se regenerou então o Doutor de 800 anos de John Hurt não pode ter se regenerado para o de Eccleston que tem seus 900 anos, ficamos com uma lacuna de 100 anos, o que pode ter acontecido nesse tempo? Após a regeneração de Hurt o Doutor ficou inconsciente e só acordou depois de cem anos? Por isso “esqueceu” de sua vida anterior? Ou então John Hurt pode ter se regenerado em outro Doutor, outro Doutor perdido na memória do Time Lord, já que o Doutor de Matt diz que teve várias vidas e vários rostos e nem sempre se lembra de todos, quem sabe não teríamos mais alguns Doutores perdidos pelo tempo e espaço, mas se isso for verdade como explicar o fato de um Senhor do Tempo ter apenas doze regenerações? Talvez o quarto Doutor tenha se enganado e pode se regenerar mais de doze vezes, tipo doze mil vezes, o fato é que agora que as doze regenerações se acabaram ficamos com esse mistério de como Capaldi será introduzido e para mim se está lacuna de 100 anos entre o Doutor de Hurt com o de Eccleston está certa, já que o diário do sétimo Doutor no filme em que vimos o Oitavo em ação tinha como titulo “900 years Diary”, são muitas coisas, muitos fatos a serem observados com calma e cuidado, vamos agüentar mais um mês para vermos o que o Natal de Doctor Who nos trará.


Um comentário:

  1. Não entendi sua conta.
    O certo seria dizer que a primeira regeneração foi quando surgiu o segundo doutor,quando Willian Hartnell tornou-se Patrick Troughton. Desta forma, a segunda regeneração seria para o terceiro doutor, e assim por diante. Como Tennant usou duas regnerações, a 12a regeneração seria para o 12o doutor.

    ResponderExcluir

Diga algo idiota ou inteligente, não importamos desde que seja sobre a gente.
Rima tosca,
by:
Apolo

Tecnologia do Blogger.

Sejam bem vindos.

Hoje é:

Parceiros

Postagens populares

Seguidores