Oi gente? Tô de volta, pois é, tive muitos problemas esse semestre e tive que sumi em parte por causa da faculdade, mas principalmente por que fiquei alguns meses sem internet. Resolvi adaptar a crítica que fiz de Divergente quando o filme foi lançado e por está sem internet não pude postar. Mas preparei um material maior e tive mais tempo para fundamentar. Agora estarei aqui com mais frequência. Espero que aproveitem, gostem ou se revoltem com o post.





O titulo pode causar um pouco de susto, afinal Divergente não é a saga do momento? O filme do ano? A Tris não é a personagem favorita do ano? Como se pode questionar o sucesso se os dados estão aí para mostrar? Pretendo neste post mostrar a vocês mais do que isso, pretendo esclarecer por que de tudo isso explicando a propaganda e a ideologia por trás do filme.

Bem, eu li o livro antes do lançamento do filme e fiquei decepcionada, quase todos falavam bem da história e foi um pouco frustrante por que não tive vontade de ler a continuação nem de terminar a trilogia.  Por que? Divergente trás uma história dentro dos padrões: dividir as pessoas de acordo com as suas características ( Harry Potter), história pós-apocalíptica onde os sistemas do mundo atual ruíram e foi necessário "separar para conquistar" o treinamento após a escolha das facções onde apenas o mais forte sobrevive ( Jogos Vorazes), a insegurança da Tris e o mimimi de amor impossível ( Crepúsculo) e ainda esta historia de separar as pessoas por facção e perseguir os diferentes ( Divergentes) me lembra a história de Aldous Huxley em Admirável Mundo Novo onde as pessoas vivem em um sistema tão correto e produtivo que ao aparecer alguém que foge aos padrões da sociedade é perseguido e tratado como um Selvagem. Mini crítica a parte podem ver mais considerações minhas acerca do livro clicando aqui. Então vamos ao filme que é o objeto de estudo do post:

Filme  Divergente

Para ser mais clara dividi a crítica entre o que ficou bom e o que ficou ruim e no final temos uma ponderação e espero que tenham compreendido o por que de Divergente não merece essa bola toda.

Ruim

O filme peca ao focar demais na caça aos Divergentes para que pudéssemos entender o que são os Divergentes.
O filme peca ao reforçar as semelhanças com as outras séries ( Harry Potter, Jogos Vorazes, Crepúsculo), semelhanças? What? Sim,  o romance Tris e Four é semelhante a Edward e Bella nessa procura ridícula por um relacionamento puro, ridícula por que? Ele vivem em um mundo pós-apocalipse onde esses valores ficaram pra trás é preciso viver intensamente, pois cada dia na Audácia pode ser o último (principalmente para Tris).

Por outro lado pouco se explica pouco das divisões e dos sistemas de facções o por que do: Facção antes do Sangue! Fica meio que sem sentido, por que dividir? Só por que deu certo com outras sagas? 

A luta para sobreviver na nova facção e terminar o tratamento faz com que Tris fique diante de uma dualidade da moral muito semelhante com a de Katniss em Jogos Vorazes, devo passar por cima dos princípios para sobreviver? Ou não? Essa é a questão para Tris que diferentemente de Katniss não precisava passar por isso, pois escolheu mudar de facção exatamente para ter uma vida melhor e era esperado que ela fizesse o possível para conseguir isso, no filme é mais claro essa dualidade.


Ainda temos os erros de lógica e verossimilhança como: 
Por que diabos a Tris não tinha coragem de matar os inimigos, mas atirava para matar os amigos que estavam sob o efeito do soro?
Como de repente ela levava uma surra, aparecia toda machucada e depois não havia mais nenhum ferimento?

Clichês e modinhas:
"Você tem medo de altura?" "Todo mundo tem um medo" Tem coisa mais clichê do que isso? Que coisa mais óbvia e mais sem noção para receber espaço no filme.
E o Peter com o tipo malvadinho sem noção e motivo? E a Jeanine também, fazendo crueldades em nome do  PODER. ( isso me soa tão familiar).

Atuações:
Shaillene Woodley é uma atriz razoável, mas que infelizmente virou modinha por causa da sua escolha para os papéis de Mary Jane ( na ridícula nova adaptação de Homem Aranha), Hazel Grace ( A Culpa é das Estrelas) e como a própria Tris, enfim, Shai nunca teve grandes papéis, tudo em que atuou a deu pouca possibilidade de brilhar ou aprender. Em Divergente vemos uma  atuação fraca, quase a comparo com a Kristen Stewart e sua grande capacidade de mudar de face, ela simplesmente fica com uma cara de um misto de nojo e sei lá o que o filme todo, até quando vai beijar o sarado Theo James, a única cena em que consegue prender a nossa atenção é na morte da mãe da personagem, ela conseguiu finalmente transmitir emoção, porém quando o pai morre ela fica tipo: Como se eu me importasse!


Theo James por outro lado. nunca tínhamos ouvido falar, talvez por ser das Terras da Rainha, enfim, não deve ficar muito conhecido após a trilogia, a não ser que seja por usa notável beleza por que eu não sei se era por causa das caras de nojo da Shai ou por que achava o personagem detestável a verdade é que não temos uma cena em que ele mande bem na atuação, nada a deixar aqui para melhorar a sua imagem a não ser a lembrança de seu belo corpo.


Bom UFA!

 O filme apresenta uma boa fotografia e construção de cenários, além de um figurino bastante peculiar e condizente com a realidade.  Uma trilha sonora sensacional, com uma música que deve ser lembrada:

Ellie Goulding - Beating Heart

Aqui vai a lista completa, vale a pena conferir:

1. Find You – Zedd feat. Matthew Koma & Miriam Bryant
2. Beating Heart – Ellie Goulding
3.
Fight For You – Pia Mia feat. Chance The Rapper
4. Hanging On (I See MONSTAS Remix) – Ellie Goulding
5. I Won’t Let You Go – Snow Patrol
6. Run Boy Run – Woodkid
7. Backwards – Tame Impala & Kendrick Lamar
8. I Need You – M83
9. In Distress – A$AP Rocky feat. Gesaffelstein
10. Lost And Found (ODESZA Remix) – Pretty Lights
11. STRANGER – Skrillex feat. KillaGraham From Milo & Otis & Sam Dew
12. Dream Machines – Big Deal
13. Dead In The Water – Ellie Goulding
14. I Love You – Woodkid
15. Waiting Game – BANKS
16. My Blood – Ellie Goulding

Atuações:
Ansel Elgort, tem recebido bastante atenção nos últimos meses, sendo comparado a James Dean, ele mandou bem na atuação, conseguindo dar vida a Caleb Prior o inteligente e desastrado irmão de Tris, eu tenho discutido muito sobre o Ansel por que todo mundo diz que ele é lindo e eu não acho aí as pessoas acham que dizer que ele é feio é dizer que é um ator ruim, não estou nem aí, acho que o Ansel é aprova de que com talento é possível se tornar um rostinho bonito já que hoje é mais um modelo de beleza.




Espero ter conseguido mostrar pra vocês  que Divergente não é lá todas essas coisas que falam por aí, mas não deixa de ser uma boa história, mas não uma grande história como falam.

Deixo aqui meus agradecimentos ao ADM Adel que me acompanhou no cinema e meu deu dicas sobre o post, então não amaldiçoem só a mim, mas a ele também.
Beijo e curtam o blog!!!


4 comentários:

  1. Sempre vejo muita gente falando de Divergente mas não sabia muito bem o que era exatamente, bom saber haha
    AltoseBaixos

    ResponderExcluir
  2. Acho que após todas essas histórias originais que foram um sucesso, como Harry Potter, inciou-se uma moda que é como se obrigasse os autores a só verem a fantasia como única forma de sucesso, lucro e reconhecimento na literatura infanto-juvenil, e não é bem assim. Acredito que está mais do que na hora de sair desse círculo de fantasia, já deu. Enjoei disso quando tinha uns 14 anos e passei a ler livros de adulto, todas essas histórias de best-sellers passam a ser infantil e chatinhas depois de um tempo, salvo por algumas boas histórias, mas nada tão excelente.
    Harry Potter tem o defeito do protagonista extremamente entediante e sem personalidade, fora da narrativa cansativa da Rowling. Crepúsculo é um erro por si só. Percy Jackson é o que eu achei o melhor de todos, mas Rick Riordan errou feio em querer continuar a saga, é visivelmente uma tentativa um tanto desesperada para obter lucro. Jogos Vorazes tem o mesmo defeito de HP, mas melhor em questão da ação, é mais violento. Agora Divergente nunca li e nem vi o filme, sabia mais ou menos sobre o que era por conta de uma amiga, mas já tinha adivinhado que seria algo assim que você falou no post. Muito bem dito! Parabéns!

    http://gliterpunk.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o comentário Carol, também achava Percy Jackson o melhor, mas aí Rick coeçou a escrever series de todas as mitologias e continuações só pra ganhar dinheiro mesmo, é decepcionante. Já sou fã do seu blog tbm.

      Excluir

Diga algo idiota ou inteligente, não importamos desde que seja sobre a gente.
Rima tosca,
by:
Apolo

Tecnologia do Blogger.

Sejam bem vindos.

Hoje é:

Parceiros

Postagens populares

Seguidores